Aviso: na biblioteca de Jacinto não se aplicará o novo Acordo Ortográfico.

23 outubro 2007

Das Serras para a Cidade

Voltei, depois de duas semanas de afastamento dos admiráveis progressos deste século.
Não me despedi, há duas semanas, porque tencionava continuar a "postar", lá das serras para onde me exilei. Mas os admiráveis progressos deste século ainda não estão disponíveis em todo o lado e o acesso à net ainda não é o melhor nos montes e vales deste nosso Portugal. Agora volto a escrever-vos mas ainda tem de aquecer o carburador...

6 comentários:

Bruno Duarte Eiras disse...

Já me tinha perguntado por onde andaria "o Jacinto"! Ainda pensei que tivesse ido conhecer mais maravilhas da civilização. Bom regresso!

MCA disse...

O Jacinto rendeu-se às Serras!

Anónimo disse...

Sê bem aparecida, Linda!!

Já estava com saudades tuas. Vinha todos os dias à Biblioteca para saber se já havias regressado, mas encontrava o teu "cadeirão" vazio :o(

Tens de me contar os segredos revelados pelas Serras durante um almoço.

Tenho saudades tuas, rapariga.

Mil beijos da tua (que não é Maria) ;o)

MRF

Anónimo disse...

As serras são das melhores coisas que a civilização nos deixa ainda ter...

F. do Valle disse...

A civilização está na mesma, ou seja, doente. Mas não piora. Está, digamos assim, solidamente doente.

JosePedroSilva disse...

ola Maria, amiga Jacinta...
eu moro numa cidade que tem uma serra, chamada Serra das Meadas,
o melhor do nosso país~é o interior das serras e vales, dos rios e paisagens agrestes.
não concordas?
bem-vinda de novo ao mundo bibliotecario...
já faltavas cá...
beijos