Aviso: na biblioteca de Jacinto não se aplicará o novo Acordo Ortográfico.

02 janeiro 2012

FELIZ 2012

Quase toda a gente com quem falo está a expressar votos de um 2012 «o melhor possível». Claro que sim, 2012 vai ser um ano difícil, vamos ter menos dinheiro, fazer menos férias (os que ainda puderem fazer férias...), comprar menos coisas e mais baratas, saír menos à noite... tudo isso é verdade e é péssimo. Com a bolsa reservada à sobrevivência, gastaremos menos no supérfluo mas, se calhar, também em outros bens essenciais ao espírito como os livros, os CD, o teatro, o cinema, os concertos. E isto é certo, é mau e não há votos de ano novo que alterem a dura realidade dos factos.

Mas... há sempre um "mas"...
Se desejarmos um Feliz 2012, estamos a dizer alguma bizarria? 2012 vai ser um ano INFELIZ? Quem disse? O que é que o dinheiro tem a ver com a felicidade? Quantas e quantas coisas que fazem a nossa felicidade não se compram? Que tal recuperar a antiga tradição de visitar e receber em casa? Que tal ir mais à biblioteca pública e levar livros emprestados? E umas sessões de cinema em casa com os amigos?
Haja saúde, a família junta e bem, o conforto dos amigos. Isso sim, é felicidade e não há p**** de dinheiro que compre isso!
UM FELIZ 2012 para todos os visitantes da biblioteca de Jacinto.

3 comentários:

rejane disse...

adorei seu blog muito lindo se puder seguir o meu voando-em-sonos.blogspot.com. abraços

Luis Neves disse...

Por isso se diz "A Felicidade não tem preço" , um momento que nos faça Feliz não há dinheiro que o possa Pagar.
Bom Ano para ti.
Luis

Jaime A. disse...

Um Feliz 2012 (atrasado, mas bem desejado...).
O amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal.